COLUNA DO JOÃO MENDES – 27/08/2018

JAC T40 CVT, NEM PARECE CHINÊS 
Quando surgiram os carros japoneses eles não tinham a fama que tem hoje, muita gente torcia o nariz quando o assunto era a qualidade dos carros. Depois vieram os carros coreanos e aconteceu a mesma coisa e nos últimos anos esta acontecendo com os carros chineses. Os carros japoneses e coreanos estão mostrando muita qualidade e caíram no gosto popular, são confiáveis, não dão oficina e tem bom valor de revenda. Um dia isso também vai acontecer com os carros chineses e dois lançamentos recentes  JAC T40 CVT e Caoa Chery Tiggo 2, dois concorrentes entre si, eu reputo como um divisor de águas nesta história. Nas próximas linhas vou comentar o JAC T40 CVT que me foi cedido para um teste mais longo. Primeiro tenho que dizer que essa versão com câmbio automático CVT não é apenas o T40 de câmbio manual que ganhou uma caixa automática, ela é muito diferente começando pelo conjunto motor, era 1.5 Flex de 127 cavalos e agora é 1.6, 16 V, gasolina, de 138 cavalos, e tem o câmbio automático CVT que simula 6 velocidades que podem ser trocadas manualmente na alavanca situada no console central. A cabine ficou mais silenciosa e os acabamentos internos dão aspecto de mais sofisticação ao modelo. Continua colada no para-brisas uma câmera que grava as últimas viagens lançada no T40 manual e também  a central multimídia com tela de 8”. Esse T40 CVT possui o sistema start/stop,  para desligar e religar o motor em paradas curtas economizando combustível, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, luzes de LED, volante revestido em couro, computador de bordo, controlador de velocidade, ar condicionado automático, sensores de estacionamento, câmera de ré e mais algumas coisas que o tornam bem completo e esse é o maior destaque do carro, ser completo por R$69.990, preço que a concorrência não consegue. Além disso quero acrescentar que achei o carro bonito e o desempenho é bom. Andei muito com o carro vazio e ele arrancou bem, foi preciso subir o giro do motor pra isso, depois dos 3000 RPM ele responde melhor, o que traz um pouco de barulho mas natural num carro desta potência. As rodas são de 16” e esse T40 faz curvas sem rolar muito e freia bem, sem comprometer. Na verdade o JAC T40 CVT é um primeiro passo da empresa no sentido de ter um produto de mais qualidade e segundo seu Presidente, Sergio Habib, esse modelo recebeu melhorias indicadas pela Volkswagen que se associou a JAC Motors e num futuro breve comercializará este modelo na Europa com motorização elétrica e a etiqueta Volkswagen.

 

CHEGOU O BMW X1 2019 


A BMW não quer perder a liderança do segmento SUV premium e melhorou o conteúdo do X1, que liderou este segmento e 2017 e continua na frente em 2018. Produzido no Brasil o modelo estreia sua linha 2019 com novidades. A principal delas é a oferta de novos equipamentos sem que isso acarrete em acréscimo no preço final do veículo. A versão sDrive20i GP segue sendo comercializada por R$ 191.950, mas passa a vir equipada com sensor de estacionamento dianteiro, sistema de assistência de estacionamento, e bancos dianteiros com novo design. O BMW X1 sDrive20i X Line, agora vem com as mesmas novidades da versão GP, sendo que os bancos dianteiros da GP   são esportivos. O X1 sDrive20i X Line, que também agrega itens de design externo, como grade dianteira com aletas cromadas, rack em alumínio, para-choque dianteiro X Line e rodas de liga leve, de 18 polegadas, e raios em ‘Y’; continua com preço sugerido de R$ 206.950. De acordo com a Fenabrave, o BMW X1 registrou 4.137 unidades vendidas em 2017, fechando ano na liderança do segmento de utilitários esportivos premium nacional; mantendo esta mesma posição neste ano, com 2.324 veículos emplacados de janeiro a julho. “O BMW X1 é o modelo mais vendido da marca no país e a oferta de novos equipamentos na linha 2019 está em sintonia com a nossa estratégia de aumentar o apelo do modelo entre os consumidores e, consequentemente, potencializar sua competitividade no mercado brasileiro”, explica Nina Dragone, Diretora de Marketing e Produto da BMW do Brasil. O BMW X1 traz sob o capô o consagrado motor de quatro cilindros, dotado de tecnologia TwinPower Turbo ActiveFlex, apto a aceitar gasolina e etanol, de 1.998 cm³ e capaz de entregar 192 cavalos de potência, a 5.000 rpm, e 280 Nm de torque, a 1.250 rpm. O conjunto motriz conta ainda com uma tração dianteira e uma transmissão automática de oito velocidades, e é capaz de levar o veículo à velocidade máxima de 225 km/h e impulsioná-lo de 0 (zero) a 100 km/h em apenas 7,7 segundos.

 

TOYOTA APRESENTA HILUX 2019


Completando 50 anos de existência a picape Toyota Hilux foi apresentada na versão 2019 que recebeu novos equipamentos. O modelo possui 11 opções no seu catálogo com motorização Flex ou Diesel com ou sem tração 4X4 e ainda uma versão comemorativa. A versão de entrada é a SR 4X2 MT ( câmbio manual ) Flex que custa R$111.990 e a topo de linha é a edição especial 50Th Anniversary com motor diesel, câmbio automático, tração 4X4 e preço de R$196.990. Na nossa próxima edição a Toyota Hilux 2019 será o destaque mas se quiser mais detalhes deste lançamento vá até http://www.memoriamotor.r7.com/toyota-hilux-2019-chega-ao-brasil-com-novo-design-e-lista-de-equipamentos-aprimorada/

 

 

 

 

 

 

 

 

Related posts