COLUNA JOÃO MENDES – 31/08/2015

Honda Civic Si

ESPERTO HONDA CIVIC Si

Tive uma experiência divertida esta semana, acelerar o Honda Civic Si e também outras novidades da marca que vou comentar em outra oportunidade. O Civic Si é um coupé, duas portas, nervoso, um carro exclusivo para quem gosta mesmo de carro. Seu motor é aspirado, a gasolina, 2.4 L DOHC VTEC, e desenvolve 206 cavalos de potência. Importado do Canadá ele tem câmbio manual de 6 velocidades e torque de 23,9 Kgf.m a 4.400 RPM. A arrancada empolga e a estabilidade também, a suspensão dianteira é Mc Pherson e a traseira Multi Link. Andando num asfalto com boas condições dá pra se divertir mas evidentemente que o carro sente as imperfeições quando o piso não é bom por causa dos pneus medida 225/40 que tem 18”. O interior acompanha o espírito jovem e moderno do design exterior e tem painel inovador com mostrador da velocidade bem visível sobre o volante numa posição confortável e de fácil leitura. O ar condicionado é digital no painel você monitora a câmera de ré multivisão em 3 ângulos. Os bancos “vestem” bem, você encaixa para tocar com segurança uma máquina que não é pra qualquer um mas possui eletrônica suficiente para corrigir muitas besteiras de um condutor menos experiente ou abusado. A cor laranja (FOTO) é pra quem quer ser visto mas o Civic Si também esta disponível nas cores branca, preta e vermelha por R$124.000.  

SUBARU_WRX___Exterior___29

SUBARU WRX É RAPIDO

Já comentei o Subaru WRX STi, um foguete com motor de 310 cavalos e câmbio manual que proporciona muita diversão. Nesta edição comento a versão mais amansada denominada apenas WRX que tem motor Boxer, 4 cilindros, 2.0 L, turbo com 270 cavalos de potência a 5.600 RPM e torque de 35,7 kgf.m a partir de 2.400 RPM. Nesta versão o câmbio é automático de 8 velocidades com a possibilidade de trocas manuais através de borboletas no volante e a tração é 4X4, chamada Symetrical All Wheel Drive. A tocada é bem diferente da que comentei da versão mais braba, mais por causa do câmbio automático do que pela diferença de potência que é de 40 cavalos. O WRX também é um carro pra quem gosta e seu preço, R$147.900, é quase R$50 mil menor do que o top. Esse WRX tem carroceria leve e rígida e é uma referência em dirigibilidade e performance, atinge os 240 KM/H e faz de O a 100 km/h em apenas 6,3 segundos o que não é nada mal. Com carros robustos e confiáveis a Subaru esta crescendo no Brasil e mais que dobrou suas vendas do ano passado para este apesar da crise e da retração do mercado.

PECHINCHA

Vejo um anúncio no jornal da revenda autorizada da Jaguar oferecendo seus carros com entrada mas saldo em 24 prestações e taxa zero. Sinal dos tempos e da crise, jamais imaginei que um comprador de Jaguar estivesse preocupado com financiamento e taxa zero afinal o mais barato, XE Pure, custa R$169.900, mas tem também o XR-F de R$459.500, o XJ Supersport de R$555.800 e o top F-Typer R de R$662.000.

KIA NAS NOVELAS

A Kia Motors deve estar contente em fazer merchandising na novela das 9 da Rede Globo. Seus carros apareceram nas últimas 3, 4 ou 5, nem sei precisar, portanto essas ações estão dando resultado. Na semana final da novela Babilônia teve uma ação dessas que pra mim ficou engraçada. Um casal de atores conversando dentro do carro, passando pela Praia da Reserva, a imagem tem um plano mais aberto pela lateral do carro, de repente corta para outra imagem mais de frente e aparecem prédios da praia do Recreio e depois volta para a imagem lateral com o fundo da praia da Reserva que não tem prédio algum. O nome da praia já diz, é uma reserva florestal, não tem prédios. Quem não conhece a região nem percebe mas pra quem conhece fica muito engraçado.

MUDANÇA DE HÁBITO

Minha geração, quando jovem, nem teve contato com o câmbio automático. Nos anos 1970 e 1980 os carros dos jovens eram todos com câmbio manual de 4 e depois de 5 marchas. Nos dias de hoje estou vendo jovens tirando carteira de habilitação e querendo como primeiro carro um que tenha câmbio automático. O problema é que os chamados carros de entrada, os mais baratos, são todos com câmbio manual. As montadoras só colocam câmbio automático nas suas versões top, as mais caras do seu catálogo, uma pena. A opção tem sido o câmbio automatizado que como no automático não precisa que se aperte um pedal de embreagem mas também não tem a trocas tão suaves e confortáveis de um automático, mas é uma opção.

JEEP RENEGADE LONGITUDE

A versão top do Jeep Renegade produzido no Brasil é a Longitude e esta me impressionando. Estou fazendo um teste mais longo e em breve colocarei nestas linhas a minha experiência. Esta versão tem motor 2.0 diesel, 170 cavalos, câmbio de 9 marchas e tração 4X4. Aguardem !

Related posts