PRODUÇÃO DE MOTOS APRESENTA ESTABILIDADE EM OUTUBRO E SINALIZA RETOMADA DOS NEGÓCIOS

Dados da ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, mostram que foram produzidas 77.076 motocicletas em outubro, o que representa estabilidade com relação às 76.668 unidades fabricadas em setembro. Contudo, na comparação com outubro de 2016 (71.520) houve alta de 7,8%. Já no acumulado dos dez meses deste ano foram fabricadas 729.268 unidades, o que demonstra recuo de 7% na comparação com igual período do ano passado (784.519). “A estabilidade no volume de produção confirma a tendência para a melhora do desempenho da indústria a partir do próximo ano”, diz Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Em outubro, o desempenho de vendas no atacado – para as concessionárias – foi superior a setembro, com 69.620 motos repassadas às lojas, o que representa alta de 9,8% sobre as 63.428 unidades comercializadas no mês anterior. Ainda de acordo com Fermanian, “a recuperação das vendas no atacado em outubro vai contribuir para refletir o aumento no varejo, pois em geral os estoques nas concessionárias se encontram bem controlados e em relação a alguns modelos estão abaixo do ideal”. Na comparação com o mesmo mês de 2016, o aumento foi de 17% (59.480). No acumulado do ano, a redução foi de 9,4%, com 672.971 em 2017 ante 742.933 no ano passado.

Já o desempenho das exportações caiu em outubro, quando foram enviadas a outros países 7.761 motocicletas, recuo de 30,8% sobre as 11.208 unidades embarcadas no mês anterior. No entanto, na comparação com outubro de 2016 houve aumento de 58% (4.911). Nos dez meses do ano o volume total de exportações foi de 67.005, alta de 37,7% sobre 48.663 unidades referentes a igual período de 2016. O principal destino das motocicletas exportadas ainda é a Argentina.

 

Emplacamentos

Com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam, as vendas para o varejo totalizaram 68.236 unidades em outubro, alta de 3,1% sobre as 66.209 motocicletas emplacadas em setembro. Na comparação com outubro do ano passado* (62.554 unidades) foi verificado aumento de 9,1%. Mas nos dez meses do ano de 2017 houve redução de 5,5%: 708.299 licenciamentos em 2017 e 749.834 no ano passado.

A média diária de vendas em outubro ficou em 3.249 unidades, redução de 1,8% na comparação com as 3.310 motos licenciadas em setembro. Contudo, na comparação com outubro do ano passado (3.128) ocorreu um salto de 3,9%.

 

(*) Foram desconsiderados os ciclomotores usados, cujo licenciamento junto aos Detrans passou a ser obrigatório a partir da Lei nº 13.154, de 30/07/2015, e da Resolução Contran nº 555/15, de 17/09/2015.

 

PROJEÇÃO 2017
2016 2017 Qtde Var %
Produção 887.653 885.000 – 2.653 -0,3%
Atacado 858.120 813.000 – 45.120 – 5,4%
Varejo 899.793 860.000 – 39.793 – 4,4%
Exportação 59.022 80.000 + 20.978 35,5%

        Fonte: Abraciclo / Associados

 

Salão Duas Rodas

A Abraciclo está presente na 14ª edição do Salão Duas Rodas, que ocorre entre os dias 14 e 19 de novembro, no São Paulo Expo (km 1,5 da Rodovia dos Imigrantes), com um estande de 240 m², onde receberá convidados e autoridades.

Com expectativa de reunir um público de 260 mil pessoas, o evento ocorre no ano em que a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), que também estará presente com um estande no evento, completa 50 anos de existência. Todas as fabricantes de motocicletas associadas à Abraciclo têm produção no Polo Industrial de Manaus.

No evento, Abraciclo realiza também uma ação inovadora em conjunto com o DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito): um “quiosque eletrônico” para a consulta gratuita de recalls pendentes de motocicletas. O objetivo desta iniciativa é aumentar a efetividade das campanhas de recall.

De acordo com Marcos Fermanian, o Salão Duas Rodas representa oportunidade para a apresentação dos mais recentes lançamentos das fabricantes de motocicletas e a realização de novos negócios. “Os associados investiram cerca de R$ 30 milhões em instalações, equipamentos e atrativos para que os visitantes possam ter uma excelente experiência neste evento, que é o principal da América Latina”, finaliza.

 

Sobre a ABRACICLO e o Setor de Duas Rodas

Com 41 anos de história e contando com 14 associadas, a ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares –  representa, no país, os interesses dos fabricantes de veículos de duas rodas, além de investir em ações visando a paz no trânsito e a prática da pilotagem segura.

A fabricação nacional de motocicletas, quase totalmente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM), está entre as oito maiores do mundo. No segmento de bicicletas, com as principais fábricas também instaladas no PIM, o Brasil se encontra na quarta posição entre os principais produtores mundiais. No total, as fabricantes do Setor de Duas Rodas geram mais de 12 mil empregos diretos no PIM.

 

 

 

 

 

 

Related posts