O tintureiro salvou a festa – CHICO LELLIS

Este caso se passa ai pelos anos 60, lá no século passado. Nossa heroína tinha perto de 15 anos, a idade em que as moças da época conseguiam alguma liberdade em casa, mas não davam muita liberdade aos moços na rua. Eram tempos de romantismos e sonhos da geração que passou por maus momentos, mas acreditava que o mundo lhes reservava um futuro de alegrias, de felicidade. E ela, Laíde, era uma dessas sonhadoras, que sempre via coisas boas, nas ruins que se apresentavam na sua vida. E ela tinha…

Read More

O boa gente ameaçado – CHICO LELLIS

– Vô, nós vimos um peixe grandão lá na praia. Tinha cara de bonzinho e a gente chegou bem perto. Ele ficou ali, quietinho e nós passamos a mão nele. Continuou bonzinho, quieto. Mas aí chegaram uns caras de barco e disseram que não podíamos fazer  aquilo. – Por que?  (criança pergunta tudo, né?) Então o pessoal que cuida da preservação da espécie que está sempre sob a ameaça de desaparecer explicou a razão das crianças não poderem brincar com os animais. – Este é um peixe-boi-marinho. Por ele ser assim, como vocês…

Read More

Carro dos Sonhos: Brasil rumo ao tricampeonato – CHICO LELLIS

Em 2016, Victória Bezerra de Oliveira foi a vencedora; no ano passado coube à Gabriele Castro de Sousa trazer o bicampeonato para o Brasil. E, na semana passada, um júri composto por jornalistas, influenciadores, artistas plásticas e professores, reuniram-se para escolher os trabalhos que serão enviados ao Japão para concorrer com jovens de cerca de 80países de todo o mundo. Um deles pode conquistar o tricampeonato, vencendo a Edição de 2018 do Concurso Carro do Sonho, que a Toyota realiza no Japão há 13 anos, com a presença do Brasil…

Read More

Bigodinho enganador – Chico Lellis

Anos 70, Marcos Zamponi, o nosso querido Zampa, que tão cedo se foi, morava em Londres, passando por muitos perrengues. Adorava corrida de automóveis – era um dos maiores especialistas no setor – e foi para a terra da Rainha com a cara e a coragem. Naquele ano lutava para ir a todos os GPs da Fórmula 1. Foi de carona para Mônaco, sem um tostão no bolso. – Tava mais duro que pau de galinheiro – me contou ele, com aquela maneira de contar as coisas, que continha um núcleo verdadeiro e…

Read More